21°C 31°C
Grossos, RN
Publicidade
Anúncio

Ambulância do SAMU colide com trailer durante o Carnaval em Grossos: Comerciante aguarda ressarcimento prometido pela Prefeitura

Ambulância do SAMU colide com trailer durante o Carnaval em Grossos: Comerciante aguarda ressarcimento prometido pela Prefeitura

06/03/2024 às 15h51 Atualizada em 06/03/2024 às 16h00
Por:
Compartilhe:
Ambulância do SAMU colide com trailer durante o Carnaval em Grossos: Comerciante aguarda ressarcimento prometido pela Prefeitura


Foto do trailer

Grossos-06/03/2024

Por Eduardo Ferreira Jornalista


No último Carnaval, a cidade de Grossos vivenciou um incidente inusitado que envolveu uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e um trailer de lanches operado por Fábio Ferreira. O fato ocorreu nas proximidades do circuito carnavalesco, resultando em danos materiais ao trailer e preocupações para o comerciante.


Fábio Ferreira, que havia cadastrado seu trailer junto à Prefeitura e pago 400 reis para atuar durante o evento, relatou à equipe da GTV Brasil os detalhes do incidente. Por volta das 7 a 7:30 da noite, enquanto ele estava no interior do trailer preparando lanches, a ambulância do SAMU colidiu desgovernada com o veículo. O impacto provocou a queda de objetos e equipamentos, gerando um considerável prejuízo ao comerciante.


O relato de Fábio descreve o momento em que a ambulância se evadiu do local, deixando-o dentro do trailer arrastado e com danos materiais significativos. Ao sair do veículo, ele acenou para o motorista da ambulância, que, segundo Fábio, estava visivelmente exaltado e estressado. Uma discussão se seguiu, com o motorista ameaçando chamar peritos.


Nesse momento, um vereador e a secretária de Turismo de Grossos chegaram ao local, comprometendo-se a ressarcir todos os prejuízos materiais e ajudar no pagamento dos funcionários afetados pelo incidente. A promessa de assistência por parte da prefeitura aliviou as preocupações de Fábio naquele momento.


No entanto, passado o Carnaval, Fábio Ferreira afirma que até o momento não recebeu o ressarcimento prometido pela Prefeitura de Grossos. O comerciante, que pagou 400 reais para participar do evento, está apreensivo, considerando especialmente a proximidade do Mossoró Cidade Junina que todo ano ele trabalha.


Fábio ressalta a autorização concedida pela prefeitura para operar no local do incidente, o que, segundo ele, isenta qualquer responsabilidade por parte do comerciante. Ele aguarda uma solução urgente por parte das autoridades municipais para cumprir com as promessas de ressarcimento e garantir que possa participar do Mossoró Cidade Junina sem prejuízos adicionais. A equipe da GTV Brasil continuará acompanhando o desdobramento dessa situação e buscará informações junto à Prefeitura de Grossos sobre as medidas a serem tomadas em relação ao incidente durante o Carnaval deste ano.

 Prints de conversas
















* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários